sexta-feira, 29 de junho de 2012

fotos de boca x corinthians - 27/06/2012



















fiel moçambique

como sabem alguns de nossos seguidores, o companheiro joaci (@vaaicorinthians) está em moçambique a trabalho, donde perderá a chance de acompanhar in loco o final de nossa saga nessa libertadores, a qual, saravá são jorge, finalmente conquistaremos... em sua saída, na esperança de liberar o trampo e voltar ao menos pras finais, ele mandou um email pra chefia, o qual segue, na íntegra, abaixo (sua presença no jogo de quarta ainda é possível...). Na sequencia, tambem, as fotos da fiel moçambique, e, em breve, um relato do próprio companheiro sobre a saga de assistir aos jogos distante e as histórias de como os moçambicanos vêem nosso time e outros fatos que aconteceram por lá... segue o email: Enviado: sexta-feira, 25 de maio de 2012 19:07 Para: xxxxxxxxxxxxxxxxxxx Assunto: Corinthians Bete, tenho um assunto muito fueda de conversar contigo. Calma ai, não estou desistindo do trampo de Moçambique. Pelo contrário, estou empolgado com o trabalho e espero em breve esta ai com vocês. No entanto, pesa uma questão importantíssima para mim, A final da Copa libertadores caso o Corinthians chegue lá. Por mais absurdo que possa parecer eu preciso me posicionar. De 2006 até agora, morando proximo ao Pacaembu são aproximadamente 140 jogos acompanhados na arquibancada empurrando o time e mais alguns jogos fora do estado (Porto Alegre, Minas, Rio de Janeiro) É um estilo de vida e não costumo criar barreiras por conta do trabalho.Dificilmente comento essas coisas internamente na empresa para não me rotularem de doido. Ano passado fiquei no Pará e levei isso numa boa, mesmo acompanhando o jogo de longe. Mas uma final de Libertadores é algo comparável ao título de 77 quando saimos da fila após 23 anos sem títulos. O trabalho ai tem essa questão urgente da minha presença, e não me importo em ir as pressas. Resumindo, dia 4 de julho caso o corinthians vá para final, eu quero estar no Brasil. Deixar de acompanhar um jogo decisivo desses após tanto tempo de bancada será uma questão dificil de dimensionar o tamanho da tristeza.Quero estar junto com meus irmão de bancada empurrando o time mais uma vez independente do que vá acontecer. O importante é estar aqui. Poderiamos negociar as outras viagens de retorno. Vamos pegar o Santos nas semi finais. se perder p eles a minha permanencia ai será boa para esquecer a tormenta da eliminação e focar no trabalho.(não vale secar para eu não viajar) Mas se passar pelas sardinhas a euforia de poder apoiar o time vai ser fueda de controlar. Para mim essa seria a real despedida do Brasil. Enfim, precisava falar isso contigo e gostaria que entendesse minha situação. É algo pessoal muito sério. O trabalho a gente se vira para fazer acontecer. Imagine que isso é um motivo pessoal seu de muita importancia do qual nao gostaria de se ausentar nunca. Não pense isso apenas como um jogo de futebol. Nem acredito que escrevi esse email. Vai Corinthians! Att.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

vai corinthians de todos nós

ainda que a direitoria esteja fazendo de tudo para desestabilizar o time nessa reta final... ainda que nosso treinador pareça ter perdido o comando sobre o grupo, afastando quem não devia e insistindo em estratégias bizonhas... ainda que tenhamos jogado mal em partidas que, convenhamos, não tínhamos foco total, ao menos em campo, apesar da necessidade... AQUI É CORINTHIANS, acreditaremos e apoiaremos sempre fomos forjados nas brasas da superação, e nos momentos difíceis nossa história de luta, a revolução popular que impusemos nos primórdios do século passado, sempre prevaleceu. com as armas de jorge e sob a proteção de nosso manto sagrado, VAI CORINTHIANS!!!

quarta-feira, 6 de junho de 2012

sobre o figayrinha, as bibas do sul e os sardinhas

notinhas sobre os últimos andamentos e próximos jogos, em ordem cronológica: * empate é resultado proibido para a partida de amanhã contra o figueira. Por mais que time e torcida esteja com o jogo contra os sardinhas na mente, não podemos mais perder pontos em casa no brasileiro... * pra não ficar no que todos sabem, o comentário acima não pretende nem se ater ao imediatismo de não ficar pra trás ante possíveis arrancadas, nem no lugar comum de não poder chorar por esses primeiros jogos no final: é importante que o time se mantenha no bolo por duas razões distintas e opostas: a primeira é que, ganhando, e são jorge nos ilumine, a libertadores, precisaremos do time na briga pelo título pra que o elenco não perca o foco e, por conseguinte, o ritmo e o entrosamento durante a competição; a outra, e que dela nos livrem todos os orixás, é que, com uma eventual derrota no torneio continental, uma vaga na libertadores 2013, se não o campeonato nacional corrente, vira obrigação imediata; * bela iniciativa da diretoria em baixar os preços para o confronto contra o fluminense... pela que tenha por base um possível esvaziamento do jogo, e não o mote da inclusão do povão, sobretudo pelo tanto que temos pago com libertadores. Cuidemos, ainda, para que essa baixa do ingresso, caso infrutífera em número de torcedores, não vire a "prova" do presidente business que o preço não importa, mas sim a importância do jogo, teoria que, junto com quase todas as outras plantadas por ele, rasga prontamente todas as nossas tradições; * para o final de semana, normal que sejam poupados jogadores. Mas que não usem depois os 10 dias de folga como mote da famigerada perda de ritmo de jogo com a pausa do calendário... precisamos do time voando quarta-feira; * quando jogaremos completos e num campo em que podemos mostrar nossa força na defesa, como já ocorreu no paulista, em que nosso time reserva, por conta de uma cochilada, que, óbvio, não pode se repetir, tomou um gol do time do palhaço do litoral, a quem devemos sim dispendiar atenção especial, mas sem alimentar o gosto dele por quedas espetaculares - nem deixar que estas abalem os ânimos de nossos atletas; * ânimos que jorge henrique já perdeu nas oitavas, expulso, e nas quartas, com uma cabeçada num adversário que poderia colocar nosso futuro a perder. E que outros jogadores já mostraram com bordoadas desnecessárias. Fiquemos na bola e nosso conjunto será suficiente para a vaga. * contudo, diferente do que vem acontecendo nas outras partidas fora de casa, dessa vez não podemos nos dar ao luxo de só atacar se for muito boa a oportunidade, menos ainda perder algumas oportunidades que temos visto... trazer a vantagem para o pacaembu - leia-se fazer o santos se abrir aqui - será diferencial no segundo jogo; * por fim, não somente na vila lixo, mas em qualquer outro estádio em que o mandante aumente o preço dos ingressos ciente de que a fiel comparece em massa em qualquer lugar (ocorreu em muitos jogos do segundo turno do brasileiro e quando ronaldo, o obeso, vestiu nosso manto), o blog defende que aqui o aumento seja proporcionalmente devolvido no pacaembu. Pelo regulamento de competições da CBF, a torcida de fora deve pagar o mesmo equivalente ao mesmo setor do estádio do mandante... se a bancada na vila vai custar 120, 150 ou 1000, que retribuamos aqui o aumento, concedendo maior desconto aos fiéis torcedores, de modo que, no valor real, nada se altere... e o mesmo no brasileiro, no paulista e onde mais o timão jogar... E VAI CORINTHIANS!!