segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Internacional 1 x 1 Corinthians - Vai torcida Fiel..


Família, desde 99, na final do Campeonato Brasileiro contra o Atlético MG, eu não acompanhava um jogo do coringão fora do Estado. Comparecer ao Beira Rio foi um momento de grande superação e alegria. Estar ali junto com meus irmãos incentivando e fazendo a festa foi sensacional. Obrigado Corinthians!

Cabe o comentário elogiando a organização da Brigada Militar para destacar a diferença de mentalidade e postura em relação a PM carioca que no jogo contra o Vasco expos a nossa torcida em situações absurdas e difíceis de comentar. Não podemos nos calar com aquela situação de São Januário e permitir que façam aquilo novamente. Temos que reinvidicar nossos direitos! Pelo que acompanhei, nenhum irmão reclamou da situação ali. O Vardema publicou aqui um post sobre este episódio para coletar relatos de quem vivenciou aquilo.

Bom, vamos ao jogo! Estava um calor absurdo de 32° e a atitude imbecil do Alessandro ao fazer uma falta estupida e desnecessária no campo de ataque complicou nossa situação no jogo. Diante desse contexto o empate é aceitável. Mesmo com a “titebilidade”, tínhamos time para ganhar ali! Como um jogador pode comprometer todo trabalho da equipe ao longo do campeonato com uma falta bisonha daquelas? Na boa, não dá pra entender. O jogador já esta encerrando o ciclo e apertou o foda-se nesse lance. Como será punido em pleno encerramento de campeonato brasileiro? Apesar dos Chorolados aparecerem por mais vezes em nossa intermediária, até o momento da expulsão, o jogo estava equilibrado. O Corinthians também criou boas jogadas e numa delas o Liédson furou feio.

Para o segundo tempo, com um jogador a menos e o Inter indo com tudo, nos restou compactar o time, rezar para São Jorge e tentar os lances de contra ataque. Danilo perdeu ótima oportunidade de sair na frente com uma cabeçada e algumas jogadas foram desperdiçadas com o time optando cadenciar a jogada ao invés de lançar o Liédson que apesar da fase, por algumas vezes ficou mano a mano.

Bom, os chorolados fizeram o gol e só ai que notei algum burburinho daquela torcida. Cantarolar na boa é fácil, mas aqui é Corinthians! Continuamos na fé empurrando o time. Na base dos chutões e alguns contra ataques fomos arrumando faltas na intermediária, uma quase pênalti, e por fim nossa redenção com um gol do Alex! Gol no final do jogo é sempre diferente.

Beira Rio mudo, ou melhor, chorando, pois isso eles sabem fazer muito bem e a Fiel em festa! Salve o Corinthians!



Nenhum comentário:

Postar um comentário