quinta-feira, 15 de setembro de 2011

andre$, tite e o planejamento de sempre

mais um post feito juntando cacos e fragmentos dos fatos pingados por aí, imprensa afora...

adenor, aquele que somos obrigados a chamar de comandante, colocou a culpa daquela atuação ridícula e covarde contra o fluminense no cansaço dos jogadores.

ok, ninguém discorda que o time deve mesmo ter entrado enfraquecido, o desgaste pela correria foi grande... mas: 1. não o seria se o time não tivesse, mais uma vez, tomado gol de escanteio contra o flamengo, fato que vem se repetindo em nossos jogos, sem melhora, que deveria ocorrer em repetições de treino, e que forçou o time a se desdobrar pela virada; e 2. desgaste à parte, não há cansaço no mundo que justifique o marasmo técnico domingo, com zero chute a gol, e com uma bagunça tática tão grande que, perdendo, chegamos a ficar com 4 volantes e 0 lateral em campo!

aí, então, entramos numa jornada de 7 dias, pré-2-clássicos, rodadas-chave para abrir frente a concorrentes, seja ganhando dos sardinhas, que tiram pontos de muita gente, seja abrindo frente à bixarada.

então, passada a folga e a recuperação muscular de segunda, teríamos uma semana inteira para tentar ao menos amenizar a bola parada, que vem sendo nosso ponto fraco, e ainda fazer treinos táticos específicos para neutralizar rivais que possuem padrão de jogo...

mas não: hoje cedo, e infelizmente li de carona no jornal dum tio no metrô, foi noticiado que o foco dos treinamento de terça e quarta foi o aprimoramento da parte física do elenco... ou seja, nada de aperfeiçoamento das falhas...

hoje, para piorar, nosso pre$idente arrumou um amistoso... mas é quinta-feira, não poderia desgastar os titulares, nada melhor que levar quem não vem jogando e deixar o elenco principal treinar normalmente...

novamente, não: vários titulares integraram o elenco que foi para osasco, e, apesar de pouco terem jogado, houve um "necessário" desmembramento do elenco ao longo do dia, fato que pode ser traduzido por "mais uma vez o time não treinou junto, não se aprimorou para os próximos jogos..."

agora, nos resta a sexta-feira, já que véspera de clássico é dia de rachão, descontrair o elenco antes da concentração... e depois ainda tem torcedor que cai nas falas populistas de andre$ e roxemberg e na cansabilidade do treinador...



(em tempo: o slogan que diz que o corinthians não vive de títulos é muito bonito para manter a chama da torcida acesa em momentos adversos, mas é perigoso quando se torna subterfúgio para os fracassos do futebol que vêm se acumulando nessa diretoria, desde o segundo semestre de 2009, a maioria deles decorrente de falta de planejamento, com venda precipitada e barata de jogadores imprescindíveis, ou da soma incompetência + falta de compromisso de treinadores e elenco)

Nenhum comentário:

Postar um comentário