terça-feira, 27 de julho de 2010

brasileirão - corinthians x guarani

tanto quanto é bom ver a qualidade do time do meio para a frente, principalmente quando o jogo flui com a bola no chão, tem preocupado a quantidade de jogadas adversárias fluindo no costado do setor esquerdo (rc + capitão).

não falando propriamente do gol que sofremos, mas do contexto global do jogo, somado às partidas do timão no pós-copa, até jogadores daquele timeco goiano exploraram esse setor.

e não se trata de problemas com linha de impedimento deficiente, mas de lançamentos longos, investidas individuais etc... coisa que não pode se repetir tão reiteradamente.

de qualquer forma, anima a variação do repertório ofensivo. BC chega bem, e a má pontaria do resto do time acaba dando todas as atenções somente para ele, e esconde bons lances de dente, jh e dos laterais.

quando o arremate geral da equipe melhorar, temos chance de voltar a golear com a mesma facilidade do primeiro semestre do ano passado.

mas o grande reflexo da segurança do ataque com a bola no decorrer do jogo é vista na posse, na manutenção do controle em nossos pés: a capacidade de nossos alas, meias e volantes fazer o jogo girar é imensa, e tem aberto espaço nas pontas para os atacantes rápidos e os laterais; tem, também, feito atantes adversários deixarem seus postos abertos para tentar prejudicar os passes, o que mata o contra-ataque e, por conseguinte, nos permite defender com mais calma, com a equipe bem composta.

é uma fórmula interessante, principalmente porque esse padrão tático permite várias saídas quando começarem a marcar BC individualmente, e o elenco permite algumas substituições que só não são efetivamente sentidas no jogo porque temos peças individuais que não rendem tudo o que poderiam... mas que, de qualquer forma, valendo dos nomes e da experiência, não deixam adversário algum tranquilo.

quanto à substituições, este blog defendeu, antes de anunciada a escalação do mano, a entrada do jucilei no lugar do danilo, de modo a deixar BC às vezes à frente da linha de volantes, às vezes dividindo a subida e a rotação com elias.

só não esperava a saída do ralf, bem substituído pelo paulinho, que pecou apenas em algumas coberturas do alessandro, o que é resultado de ritmo de jogo com a equipe e entrosamento.

ao final, mais 3 pontos, mais uma vitória e bom saldo de gols. são 5 pontos à frente do 5º, mas o crucial até agora foi que pontuamos bem contra muitos times fortes, fato que temos que buscar domingo, novamente, contra a porcada.

e vai corinthians!

da despedida do mano e da chegada do adilson falaremos em post próprio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário