quinta-feira, 6 de maio de 2010

serenata

Na noite passada eu tive um sonho.

Sonhei que 35 mil pessoas faziam, juntas, ali num bairro nobre de São Paulo, uma serenata.

Cantavam num só coro, fitando a mesma janela.

Gritavam, pediam, suplicavam.

Até choravam.

Faziam o que fosse preciso.

E tudo aquilo por um simples sorriso.

Foram quase duas horas de cantoria alucinada.

Por duas vezes, a janela se iluminou.

Mas quis o destino que o tal sorriso não viesse.

Não tem nada não.

Lá estavam as 35 mil pessoas aplaudindo e insistindo em acreditar no amor.

Por que amor que é amor, é incondicional.

E aquilo não foi sonho.

Foi e será sempre somente ti, Corinthians!

*Ricardo Pirani é um torcedor corintiano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário