sexta-feira, 21 de maio de 2010

teu passado é uma bandeira - a invasão, segundo osmar santos

"Aí vem o Corinthians.

Olha só o abraço de uma multidão concentrada.

Fiel, fiel, fiel, sempre fiel ao lado de você, Corinthians.

Ao seu lado em qualquer lugar, em qualquer circunstância.

Você continua sendo a religião, a alma desse povo.

Olha só o tremular das bandeiras: Corinthians, você é uma festa, você é o entusiasmo de uma nação.

Você faz parte desse povo.

Você está no interior de cada um, daqueles que estão aqui aplaudindo você, Corinthians.

Só você, Timão do Parque São Jorge, levanta o meu povo, estremece o alicerce do Maracanã.

Alegria e festa no Rio, o Coringão está em campo."




mais que a final de 77, se eu pudesse voltar no tempo pra ver um jogo, seria esse (até mesmo pq nos outros eu fui!)

relatório de sustentabilidade

http://www.corinthians.com.br/site/noticias/2010/05/21as10h13-id8860-corinthians+apresenta+relatorio+de+sustentabilidade.shtml

a princípio, bela iniciativa... mais tarde comentários, acabei de baixar o arquivo para ler...

quinta-feira, 20 de maio de 2010

janela de transferências

apos a libertadores, além da obrigatoriedade de uma boa campanha no brasileirão, também voltou à tona uma possível debandada de jogadores, motivados pela urgente necessidade da diretoria de fechar a conta de 2010 e pelos altos salários que advirão, especialmente face à vitrine proporcionada por gordo e rc

mais sondados são nosso trio de volantes e dente

mas tem muito diretor, há tempos, querendo empurrar pra fora o felipe

falam que a saída dele possibilitaria a volta do dida... ok... mas o dida ta jogando o que mesmo? e qual a vida útil de um cara desses? de confiar no passado, caimos do cavalo quando investimos pesadamente no edu... fora que, ao meu ver, o felipe é um cara que chama o jogo quando precisa, não compromete em decisão (ok, falho contra o sport, mas ainda era novo, e a evolução dele dali em diante é incontestável... fora que não temos banco à altura e nem outras opções de mercado)

nossa direita deve permanecer, moacir e alessandro


nota corretiva: o contrato do alessandro também vence no final do ano... por mais que o moacir tenha correspondido bem nos últimos jogos, ele ainda não acertou nenhum cruzamento e a diferença entre os dois ficou nítida nos 2 jogos pós libertadores... então tem que correr pra não perder, ainda mais de graça...


na zaga, mais problemas: capitão nao quer jogar ano que vem, mas deve ficar se conseguirmos a vaga pra libertadores... chicão teve sondagens de times que, se não pagassem bem e em euro, não valeria a pena sair, mas a diretoria tem que cuidar pra não perdê-lo de graça... castán tem contrato, mas não o vejo com bola pra ser titular num time que quer ficar no G4, e paulo andré fez boas partidas no paulista, mas a permanência depende do le mans na frança, e parece que bixarada quer atravessar o negócio (como sempre, ou a diretoria rosa atravessa mercado, ou alicia jogador a brigar com o clube...)

na esquerda, rc tem contrato, mas falta banco...


o meio é que mais preocupa: nosso trio de volantes é o centro de estabilidade do time, mas é onde (parece) que teremos as maiores perdas... dos titulares, elias sempre foi o mais vendável, e desde que o corinthians (naquela transação estranha com a traffic) comprou seus direitos afirmando ter um retorno de 200%, tenho como certa sua saída, da mesma forma que foi a do cristian (no 1 dia da janela, caracterizando negócio antigo...); jucilei hoje está sondado pelo milan, grana alta; só ralf parece querer mais um ano de brasil, e acertadamente, pq apareceu ontem, ainda tem como crescer em termos mercadológicos...

no banco, boquita, se essa proposta realmente existir, tem que ir.. por ele e pelo clube... edu quer sair, e convenhamos que pela bolinha que ele jogou, e ele teve chances desde o ano passado, nao pode reclamar muito... marcelo matos idem, mas com menos oportunidades... sobrou paulinho, que parece bom de bola, mas daí a ter que suprir jucilei e elias, sem banco, é outra história...

tcheco tb quer sair, nao agradou, mas acho que ele o mano banca no time... danilo precisa de um meia direita pra render, no atual esquema ele é banco do jh, mas deve permanecer no time... mdf quer um ano fora, prorrogando o vinculo aqui, mas acho que pode render ainda no corinthians, e pra mercado e carreira, voltar agora pro river parece retrocesso... e ficando esses caras, mais bruno césar, (+ achando as posições deles no esquema), a armação e o giro da bola tá bem servido

na frente idem... ainda que dente saia, tem moleque da base pra voltar de empréstimo (lulinha - em quem eu apostaria novamente -, marcelinho e fernando henrique), tem opção no mercado e tem mdf pra jogar aberto (sua posiçao original) e tem iarley...

então, como era esperada a perda de jogadores pra essa pré temporada, o que espero é que, se houverem baixas, que cheguem a, no máximo, 1/3 do que tem aqui, e que a diretoria, se já previa esse cenário, tenha em mãos a reposição, pq nao podemos arrancar agora e, voltando da copa, termos que aguentar um time capenga...

novamente, voltamos à palavra favorita da dupla andres/mano: planejamento... funcionou uma vez, falhou na segunda... essa é a 'nêga'...

e vai corinthians!

terça-feira, 18 de maio de 2010

brasileirão - gremio X corinthians

2j 2v 0e 0d

4gp 2gc 2sg

100% e líder isolado

destaque para o auto-chapéu dado pelo souza, quando simultaneamente matou a bola com a canela esquerda e o bico da chuteira direita, fazendo com que a redonda fizesse uma parábola tão perfeita sobre seu corpo, que o próprio autor só achou onde estava o lance alguns minutos depois do grêmio contra-atacar...

mas brincadeiras à parte, e tirando daqui o gol dado a ele pela dupla dente + bruno colaço, é nítido que quando o homem de área procura espaço pra receber bola e ajuda a pressionar a saída adversária, o jogo flui bem melhor (e olhe: estou ainda falando do souza)

pegada boa no começo do jogo, defesa segura após o gol, boa postura frente à óbvia subida do grêmio na volta do intervalo, concluindo com um belíssimo contra-ataque... daí, com 2a0, se coloca o time atrás, nao pode tomar a bola nas costas que até então não havia ocorrido (alias, a gol foi esse chute e o cabeceio do leandro, bem defendido)

no gol deles, além do capitão não ter acompanhado/chegado a tempo, tem que ver que o ralf acompanhava o atacante e parou do nada, e o rc acompanhava o armador e não dificultou o passe, dando ao cara a visão completa do ataque...

bom jogo, mas ontem foi o retrato de pq o mano preferiu o 442 nesse ano

1. ano passado nosso time jogava praticamente com uma linha de 3 marcadores, com alessandro, capitão e chicão... isso permitia mais subidas do andré, que, quando ficava, invertia de posição com o alessandro;

2. isso porque o 433 usava 2 volantes e o douglas (alias, parabens a todos que o criticaram ano passado ate ele sair... são os mesmos idiotas que agora o querem de volta), o que demandava outros jogadores cuidando do meio defensivo - o que era feito com perfeição pela dupla cristian/monstro, além da segurança que a dupla de zaga + felipe oferecia

3. esse ano, quando perdeu tcheco e mdf, mano ficou apenas com danilo para fazer a transição, contando, ao mesmo tempo, com jh em má fase (apesar de 2 golaços no paulista) e 3 volantes como destaques do time

4. resultado: danilo arma... contudo, por características naturais, ele caiu pra esquerda e fez elias se virar na meia direita... isso somado ao fato de que todo time vai plantar alguém pra segurar rc, deixa a ponta lerda; na direita, com alessandro voltando ao ritmo ideal, a coisa deve melhorar pro elias (e pro dente)

5. contudo, agora temos jh voltando, e danilo, hoje, está abaixo dele, ja que jogam ambos na mesma posição

6. e temos bruno césar, a quem o mano faz bem ao proteger dos mesmos críticos do douglas... mas, contudo, entretanto, a defesa ainda nao mostrou a solidez do ano passado (apesar do ralf ser quase tão bom quanto o cristian, a fase e as características de alguns jogadores estão diferentes), o que explica o 442 desse ano, e que explica tb uma eventual entrada do bc no lugar do jh, em jogos mais pegados, variando com entrada no lugar do jucilei, quando for necessário ou a defesa transmitir segurança suficiente

mas isso é pra domingo... o importante por enquanto são os 3 pontos contra um rival direto, onde poucos outros farão 3 pontos...

agora flu em casa, jogo pra mais 3...

e vai corinthians!

sexta-feira, 14 de maio de 2010

brasileirão - ingressos à venda

atenção família

venda liberada pros próximos 3 confrontos em casa no fieltorcedor

15,00 cada no plano meu ingresso-minha vida

fluminense, santos e inter... contra três possíveis rivais diretos, dois deles ainda em outras competições... tanto quanto o jogo contra o grêmio, é hora de pontuarmos em cima da concorrência...

e pra isso a família é de suma importância

e vai corinthians!!

brasileirão - gremio X corinthians

até aqui 100% - 1j 1v 0e 0d
1sg - 2/1 (1 - ronaldo e souza)

e a chance de abrir...

mas não que esse time meia bomba que o grêmio vai colocar em campo seja fraco... inferior ao (bom) time principal, está entrosado pq jogou - e muito - no gaúcho...

bom que caras em grande fase aparentemente não entram em campo: douglas, edmilson, jonas e borges

bom que, aparentemente, será mantido o 433... sem danilo e gordo, provavelmente com elias na armação no 1 tempo e bruno cesar no 2º, daí no lugar de quem deve depender do placar do 1 tempo (ou mantendo a linha de frente, ou tirando um dos avantes e voltando ao 442)...

agora, a unica coisa que acho que temos que repetir aqui é que a libertadores acabou, agora é momento de encarar o brasileiro não como a obrigação do centenário, mas como a chance de ouro de repetirmos participação na libertadires do próximo ano...

jogadores, diretores e torcida, esqueçam o flamengo... o time é ruim, se passar pelos chilenos, não passa pelo chivas, e nós poderíamos fazer isso no lugar deles... mas não quer dizer que o time foi covarde, que tinha que ter ganho de qqer jeito ou coisas assim...

a entrega deles contra o corinthians fez diferença, o gol em casa fez diferença e o detalhe fez diferença...

isso não diminui nem o mérito alheio, nem o demérito nosso, tampouco põe por terra as virtudes que nossos guerreiros vem mostrando...

se o time não é bom e não está em evolução, como explicar 8 vitórias nos últimos 10 jogos??

é hora de confiar, é hora de novas metas, e a primeira está em jogo, e fica ameaçada se nosso pensamento parar no tempo e não evoluir após o jogo contra o flamengo

agora é brasileiro, temos chance de pontuar bem fora de casa contra um rival direto.. é nossa hora... vai corinthians!!

eu acredito!!

terça-feira, 11 de maio de 2010

organizada x mano

post que ondem deu erro, reescrevendo (e aproveitando a carta do mano)

começou em 1969, quando um grupo de fanáticos decidiu seguir, fiscalizar e apoiar incondicionalmente o corinthians...

os méritos e ideais não serão aqui pormenorizados, o conceito acima, genérico, porém real, é suficiente... mais detalhes estão nos sites da quadra e da rua...

de la pra, outro ideal que surgiu também deve ser ressaltado: o democrático, sempre expressado pelo "contra todo ditador que no timão quiser mandar"

muitas festas, muitas conquistas, e também muitas dificuldades... o que deveria significar muito aprendizado

por exemplo: quem no mundo conseguiu ser maioria jogando fora de casa? ou calar a torcida local numa final de mundial?

quem conseguiu, com base em ordem e fiscalização, derrubar um ditador?

contudo, quem conseguiu impedir a continuidade de dois bons times, em 2001 e 2006? quem vive um racha, originado por diversas questões de ordem política (não saber perder eleição x péssima administração interna e perda de valores)? quem tentou segregar parte da arquibancada, dizendo quem podia ou não ficar na curva da arquibancada amarela ("contra todo ditador?")?

este blog, acima de tudo, é corinthians

nãp compactua com andres sanchez, andre da sorte, carlos leite ou quem quer que seja

contudo, considera o que há de positivo, e, nesse ponto, o atual planejamento tem mostrado frutos

em 2007/2008, quando montamos o time da série B, diretoria e treinador prontamente clarearam a torcida: moldar a equipe, subir, classificar para a libertadores e passar a jogá-la ano a ano, até vencer (lembra daquele "tem que lutar até vencer")

ano a ano... ou seja, perder em 2010 significa obrigação de classificar para 2011... e assim continuamente...

trocando as palavras, isso chama maturidade

maturidade de saber que o mundo não acaba em um semestre, que times bons são montados com sequencia de trabalho e de filosofia de trabalho

claro... além disso tem que ser corinthians, tem que jogar com raça, vestir o manto com a honra que ele exige, talhar cada batalha como a última e, se tiver que cair, cair de pé, curar a ferida e voltar à batalha

esse ano foi o que aconteceu... ok, houveram azares e falhas planejamento, já reconhecidas e admitidas pelos responsáveis... mas não há como não dizer que o time não lutou, que não buscou até o último minuto o gol salvador, o gol que manteria acesa a esperança da américa em 2010...

e a grande maioria da torcida percebeu, aplaudiu de pé ao final do jogo, mesmo com a dor da derrota...

menos a maior organizada, que, às vaias dos demais torcedores, tentou caçar as bruxas no dia do jogo, no dia seguinte, no treino seguinte, e novamente foi vaiada domingo, quando ainda pretendia a saída do treinador e de alguns jogadores, como se isso fosse devolver a vaga perdida na quarta e arrumar o time a ponto de colocá-lo entre os quatro do brasileiro

olvida-se essa torcida, apenas, de que, quando, nas outras oportunidades, procedeu da mesma forma, precisamos de semestres, anos, para nos recompor, montarmos novamente um time, seduzirmos jogadores de ponta a vestir nosso manto... ok, a diretoria da época não ajudava, tanto quanto a atual nao vai fazer milagre se perdermos um time inteiro novamente

e, se há planejamento em curso, se o time é bom e vem mostrando isso, pq mudar de treinador? pq mandar embora esse ou aquele jogador? pq nao dar continuidade e conquistar, com a mesma base, a vaga de 2011, e, com um elenco mais calejado na competição, tentar novamente?

ora... a torcida que quer reformulação é a mesma que, se mandar meio time pra rua, é a mesma que vai terminar o ano pedindo jogador, treinador, raça... que valorize o que tem, cobre melhorias e fiscalize o direção

mas não... e o real motivo do post vem agora... é muito estranho que uma diretoria de organizada, que ja vem sendo questionada por suas decisões ha tempos, tanto que fez com que diversas lideranças montassem um movimento paralelo, fora da sede, tenha um nome na mão para gritar assim que o time perdeu

quinta feira nao cobraram a demissao do mano, cobraram tambem a contratação do luxemburgo... aquele mesmo que pagava uma nota pra torcida do santos o apoiar incondicionalmente.. aquele mesmo que declarou à cpi do futebol que é normal treinador ter porcentagem em venda e convocação de jogador, aquele mesmo que por onde passa devasta os departamentos de futebol, e nós sabemos disso muito bem...

é, no mínimo, estranho...

é, no mínimo, falta daquela maturidade que elenco e diretoria mostraram, e que a maioria da torcida ja mostrou...

se o papel é apoiar incondicionalmente e fiscalizar, vamos fazer isso... se o trabalho mudar e se mostrar insatisfatório para o objetivo de classificar para a libertadores do ano que vem, aí sim, vamos ver se há que se reformular algum setor...

enquanto isso, vamos fiscalizar onde está a renda desses últimos jogos, quem vai pagar a conta do fim do ano... aliás, pq esses diretores da organizada não questionam o pq do corinthians, quebrado, tê-los levados todos, de graça, ao cruzeiro, que custava, no mínimo, 2.000,00 por cabeça?

é hora de rever os papéis, de resgatar nossa torcida aos seus valores e ideais originais, de tirar interesses e deixar o grande corinthians como foco e objetivo, como historicamente foi, e como deveria ainda ser

a libertadores 2010 acabou, temos que aceitar esse fato e andar adiante, com o time que temos... quer pensar em libertadores, pensemos então na de 2011, pq o brasileiro começou, e essa é nossa chance

aqui é corinthians!!

carta do mano pra fiel

Logo após a eliminação do Corinthians na Libertadores, alguns segmentos da torcida fizeram manifestações de protesto no parque São Jorge e no Pacaembu, direcionados principalmente a minha pessoa. Sempre deixei claro que respeito opiniões técnicas diferentes da minha, mas não aceito inverdades usadas para verdadeiras agressões ao meu caráter e a minha honra.

Nunca fui covarde em meus atos e a maior prova disso foi ter aceitado o convite para dirigir o Corinthians no pior momento da sua história: a segunda divisão, no ano de 2008.

Estou sendo corajoso novamente, aceitando continuar no comando do trabalho, quando o mais fácil seria virar as costas e sair, já que é isso que alguns gostariam.

Minha extensão de contrato não custará ao clube nenhum real a mais do que o já acordado no contrato anterior. E se dá, única e exclusivamente, para continuidade de um trabalho de sucesso, que tem a confiança da diretoria e da grande maioria dos torcedores. Afinal, em 172 jogos temos um aproveitamento de 64,2%, com importantes títulos conquistados.

Por último, quero abordar um tema que vem sendo repetido há algum tempo e que não condiz com a verdade. Tomei a iniciativa, porque seria bem mais cômodo omitir, de oficializar o agente Carlos Leite como meu representante. Este fato gerou uma série de reações exploradas por pessoas que tiveram seus interesses políticos e profissionais contrariados.

Para aqueles compromissados com a verdade, está à disposição no departamento de futebol profissional uma relação oficial de todos os atletas contratados com seus respectivos representantes. Nela vocês verão que na equipe titular do Corinthians utilizada na temporada até este momento não existe nenhum atleta representado pelo meu agente, Carlos Leite. Poderia haver, como já aconteceu pela qualidade técnica dos atletas, mas fica claro que não há nenhum favorecimento. E essa é mais uma das mentiras que, se repetidas, acabam virando verdades.

As outras relações, na aquisição ou venda de jogadores, envolvendo a costumeira participação de agentes/representantes, devem e sempre são explicadas pela presidência do clube.

Nesta temporada o Corinthians fez 28 jogos oficiais, venceu 17, empatou 6 e perdeu 5, aproximando-nos de um aproveitamento de 66%, colocando o nosso time sempre entre os melhores. Estamos tristes, como você torcedor Corinthiano, porque mesmo com estes números, não conseguimos atingir nosso maior objetivo na temporada até aqui.

Porém, uma derrota não pode destruir tudo de bom que foi feito, porque isso certamente fortalecerá mais os nossos adversários. E os nossos adversários devem estar longe do Parque São Jorge.

Obrigado.
Mano Menezes



Leia mais: http://www.noticiasdocorinthians.com.br/materia/27940/de_mano_para_a_fiel_torcida_corinthiana#ixzz0ncyBOx9g

segunda-feira, 10 de maio de 2010

brasileirão - corinthians x atlético - pr - jogadores

felipe - sigo defendendo que essas bolas bestas que a zaga não afasta e o goleiro tem que adivinhar se o atacante vai ou não chegar não são culpa do arqueiro... tinham 2 jogadores livres, se ele espera a bola direta e algum deles desvia, iam falar que ele tinha que esperar o atacante definir...

alessandro - em forma, a vaga é dele, sem discussão

chicão - agora com regularidade... e essas faltas que teimam em passar colado...

capitão - bem ontem, ainda falta uma boa seqeuncia

rc - agora os times que jogam contra o corinthians sempre deixam alguém pra fechar suas decidas, criando um espaço que vem sendo bem explorado pelo dente... merece a copa, ainda que, a princípio, como reserva

ralf - esse sim, o mais regular

elias - boas chegadas ao ataque

danilo - jogou ao estilo zinho/94... muitos currupios com a bola, passes laterais e passes errados... tem que se encaixar como meia, principalmente no 433 (e tem bola pra isso)

jh - tomara que de sequencia, e, se sim, a vaga é dele...

dente - pena que deve sair em agosto...

gordo - melhorando... mas já n era tempo?? (alias, vir na imprensa pedir respeito é uma coisa, e esse respeito, pelo menos por parte dos corinthianos, ele tem... respeitamos o passado... mas enquanto jogador, tem que corresponder em campo também; a palavra é reciprocidade: respeite o manto e não será cobrado...)

jucilei - jogou pouco, mas o suficiente pra dar um chute bizonho

iarley - deve ser o ponta aberto quando o dente sair... ele joga bem, mas ainda falta alguma coisa...

souza - souza?? bem daquele jeito?? sem nenhum domínio de tíbia?? eu tava lá, aconteceu mesmo...

mano - em 2008/2009, seu jargão planejamento rendeu... 2009/2010 não... é hora de abrir o jogo, acabar com essa palhaçada de carlos leite e planejar ja o 2010/2011, contando com a transição de time do meio do ano...

andres - não gosto dele, mas acertou ao manter o mano (renovar tvz nem fosse necessário na prática, poderia ficar pro fim do ano, mas serviu pra mostrar comando)

gavioes (post a ser publicado) - ou nao aprendeu a lição em 2006, ou tem dinheiro na jogada (eu aposto no sr, luxemburgo nessa palhaçada)

brasileirão - corinthians x atlético - pr

fazendo jus ao apelido de patético paranaense, o time entrou com objetivo de derrubar quem passasse do meio campo e cavar faltas pra chuveirar de qualquer lugar...

isso, somado ao fato do "craque" do time insistir em apitar o jogo e ser o malandrão da paçoca - e, mais uma vez, acabar expulso, deveria ter feito o jogo mais fácil pro corinthians...

mas tinham os outros fatores... o primeiro deles é que jogo fácil não serve, a gente sempre dá um jeito de complicar as coisas; segundo essa pressão imbecil que parte da torcida insiste em fazer; terceiro que a ressaca ainda predominava, muita gente antes do jogo (e dessa vez, como estava sozinho, desfalcado de nossa equipe de bancada pelo dia das mães, procurei rodas de bêbados pra um papo + breja antes do jogo) vivendo de quarta-feira, o que também deve estar acontecendo em parte do elenco...

repetir a escalação com 3 atacantes foi uma idéia correta, tanto quanto foi correta quarta, tanto quanto o 442 - que nao encaixou - também era compreensível durante o ano... pelas peças que o time tinha e pelo que vinham rendendo alguns jogadores (jh que o diga, finalmente 2 bons jogos em sequencia, tomara que agora definitivamente)...

mas, nela, ainda vejo o danilo como peça perdida... pq ele nao faz a transição como o 1 do meio, à frente dos volantes, municiando pontas ou centro-avante, mas fica girando com a bola de um lado pro outro, deixando pra dente, jh e elias o passe definitivo... isso fora sua tendência a colar na ala esquerda, que deixa o time penso demais...

claro, o passe é bom, e, enquanto tem folego, ele recupera bem e prende bem as bolas... mas não tem ido além disso, e ja mostrou nos classicos que pode render mais... acontece que, na função que ele deveria estar fazendo, o bruno césar parece ter um perfil melhor (meu medo quanto a esse cara é a falta de humildade nas entrevistas, pq bola pra jogar ele tem), o que faria do danilo uma opção de banco, podendo variar com qqer dos 3 atacantes, conforme a situação...

e aí temos o primeiro problema... será que danilo e tcheco aceitam, ambos, o banco? pq se isso ocorrer, teremos 2 caras que vieram pra jogar e não corresponderam, e um sabendo que, se o outro entrar, pode tirar a chuteira e esperar mais uma semana...

fora o boato do diego souza, que é bom jogador (no caso do corinthians, soma-se a isso o fato de ser do carlos leite...), mas a quem não vejo espaço no elenco, salvo se já houverem saídas programadas...

do jogo, conseguimos mais um vez levar gol de time que só dá chutão pra frente, com um a menos... alias, se considerarmos que nao foi uma falta pro gol, dá ate pra dizer que tomamos gol duma equipe que acabou o jogo com 0 finalizações certas...

mas o volume de jogo foi bom, a vontade foi boa e a imposição em campo, mesmo quando ainda eram 11 contra 11, também correspondeu

falta, e é o que se arruma tendo um meia pra municiar o ataque, desembolar a frente da área adversária, pq quando o jogo não passa daquelas inversões de lado sem progressão, os atacantes quem chega na supresa começam a afunilar pro chuveirinho, ao passo que, quando conseguimos ultrapassagens, a finalização das jogadas tende a sair bem melhor...

de qqer forma, pela dificuldade em sair gol e pela superação, foi corinthians...

resultado que nos garante mais uma semana de paz (imagina o fuá que estaria na imprensa se o jogo acaba 1 a 0 pro patético... lance e folha iam adorar...), e que os jogadores também assimilem isso, pq nessas 7 rodadas pré-copa temos chance de abrir frente a times que tendem a vir fortes no 2 semestre...

e vai corinthians!!

quinta-feira, 6 de maio de 2010

serenata

Na noite passada eu tive um sonho.

Sonhei que 35 mil pessoas faziam, juntas, ali num bairro nobre de São Paulo, uma serenata.

Cantavam num só coro, fitando a mesma janela.

Gritavam, pediam, suplicavam.

Até choravam.

Faziam o que fosse preciso.

E tudo aquilo por um simples sorriso.

Foram quase duas horas de cantoria alucinada.

Por duas vezes, a janela se iluminou.

Mas quis o destino que o tal sorriso não viesse.

Não tem nada não.

Lá estavam as 35 mil pessoas aplaudindo e insistindo em acreditar no amor.

Por que amor que é amor, é incondicional.

E aquilo não foi sonho.

Foi e será sempre somente ti, Corinthians!

*Ricardo Pirani é um torcedor corintiano.

corinthians x flamengo

final antecipado, adiamento do sonho... chamemos do nome que for, mas não nos esqueçamos que caimos de pé, torcida e jogadores, com apresentação digna do nosso manto e da nossa história...

primeiro pela torcida... embora concorde com muita gente que a união das torcidas somente ocorreu em face da punição dos gaviões, havemos de concordar também que aquela pegada é muito melhor do que com 5 uniformizadas puxando coisas diferentes ao mesmo tempo...

desde o momento que o felipe entrou pra aquecer ate a hora que a 12 decidiu tumultuar o intervalo, quem entrou no pacaembu viu uma festa incrível, com 35mil vozes juntas, numa pegada que certamente influiu no andamento da primeira parcial

isso porque o time, no 433, não deu abertura ao adversário (2 chutes, nenhum demasiadamente perigoso), sufocou, perdeu umas 3 chances, teve penal não marcado, mas virou com os dois gols que precisava... e nessa pegada dessa vez podemos incluir o pança, que mostrou dedicação e futebol...

no intervalo, naquele velho respiro que damos no intervalo, o reflexo inicial do que deveria ser a segunda etapa estava no chiqueiro do pacaembu, com a torcida visitante tremendo na base... ate o pessoal da 12 começar a treta, ali desmontou a bateria conjunta, de onde saiam os gritos de incentivo, e o 2 tempo começou menos barulhento, da parte da bancada...

e em campo, obvio que o flamengo, precisando de um gol, mudaria o time e viria pra cima, como o fez colocando o cleberson...

esse é o ponto que achei falho no mano ontem... nem sonhando em questionar a competência do treinadoe... mas se sabíamos que o time deles viria, e que, portanto, seria nosso momento de contragolpear, entendo que a melhor opção tática seria a volta com o 442 original, com jucilei em campo no lugar do jh...

isso, no decorrer do jogo, ja daria uma abertura maior pra saber se no lugar do alessandro (que ja se sabia que nao correria os 90 min) entraria paulinho (jucilei na direita) ou moacir, pra partir pra cima do juan (amarelado no 1 tempo)

mas nao foi a opção, e o flamengo soube aproveitar do tempo que o corinthians precisava pra ler como seria o jogo, e antes que nossa defesa - principalmente posicionamento de alas e volantes - entendesse a mecânica, encontrou o gol... mérito deles, é so ver que na jogada eles, tocando bola rápido, conseguem ficar com mais jogadores na proximidade, o que culmina com wl na cara do gol... falha coletiva, portanto...

a torcida sentiu um pouco... dava pra ver que a pegada ficou só por ali no nosso setor... os jogadores, da mesma forma, mostraram ansiedade, passaram a errar passes bobos e tentar, desde mto cedo, o chuveiro na área, que quase deu certo com ronaldo carimbando o travessão, em uma tabela entre o bom dentinho e o médio rc, e em duas faltas do chicão...

jogamos mais ontem, o time é notoriamente melhor, mas isso é futebol, isso é mata-mata... dum jogo de 135 minutos (desconsiderando o 1 tempo da ida, impraticável), pagamos pelos péssimos 45 do maracanã, onde a falta de futebol impediu a conquista do requisito essencial do gol fora... (que, ontem, nos matou em casa)

acontece... e a torcida, mesmo num certo silêncio, reconheceu isso ontem... atitude positiva pra um elenco que precisa de calma e respaldo para, no mínimo, entrar na proxima libertadores

eu acredito, tanto que o ingresso de domingo está na mão

tomara que não tenhamos que remontar o time no meio do brasileiro

tomara que as peças novas rendam o que podem

tomara que o time entenda que a pegada é essa, e que assim podemos ser campeoes brasileiros, contra tudo e contra todos...

persistência é parte do conceito geral do corinthianismo, tanto quanto adversidade sempre nos foi sinônimo de força

ainda é o ano do centenário, mas, antes de mais nada, é mais um ano, no qual temos que conseguir nossos objetivos, e, como sabíamos, se não ganhar essa, tem que classificar para a próxima, e uma hora as peças vão se encaixar

agora é brasileiro, e, se é o que nos resta, vamos pra cima

e vai corinthians!!

quarta-feira, 5 de maio de 2010

brasileirão

atenção família

venda de fiel torcedor liberada pra domingo

vamos chegar!

jogo 08 - corinthians X flamengo

propositadamente ausente por uma semana, o blog preferiu destilar e assimilar o golpe da semana...

assim espera que também tenha acontecido com nossos guerreiros do parque são jorge

isso porque, ao final, o placar mínimo fora de casa não é absurdamente irreversível, embora exija mais cuidados que uma derrota com gols

apesar do não-futebol do primeiro tempo, saimos dele com 1 jogador a mais em campo, o que nos daria, em tese, vantagem pra ocupar melhor os latifúndios que se abrem no maracanã

mas havia um pré-requisito pra isso: jogar futebol

nossos volantes não subiram, nossos pontas não abriram, isso não permitiu que os laterais ultrapassassem... em suma... na volta do intervalo, a chance do flamengo era, mesmo com um a menos, achar um contra-golpe... a do corinthians era usar do campo então enxuto, rodar a bola com seus bons jogadores, encontrar espaços e fazer a vantagem da peleja

o corinthians nao fez nada disso, errou passes bobos, não passou do meio com a bola no chão e, quando o fez, teve um gol certo de jh prejudicado por iarley (lance de jogo, acontece, naquela altura atacante nenhum deixaria a bola pro outro) e outro de ronaldo prejudicado por sua forma ridícula, que culminou num domínio de tíbia que, ironia do destino, armou o unico contra-ataque, que terminou em penal de moacir (em lance que poderiamos sim sofrer gol, o lateral fraquinho deles ia sair na cara do jc, com 2 na area...)

de positivo, 3 coisas: jc muito bem, nao somente nao comprometeu como foi seguro quando exigido; ter a certeza que nosso time é muito melhor e pode sim dar uma sacolada hoje, desde que jogue futebol; e os volantes e zagueiros deles acharem que o corinthians não jogou por mérito do flamengo, o que jamais ocorreu, porque simplesmente o corinthians nao jogou...

pra hoje, eu começaria o dia passando o jogo contra o goiás, na copa do brasil de 2008... aquele dia a torcida foi corinthians, tanto quanto o time foi corinthians no futebol, na vontade e na atitude...

depois, pediria jogador por jogador pra descrever o que ele acha que pensa cada corinthiano... daí levaria o time pra esquentar em campo, as 8 e meia, bem no começo da nossa festa

depois voltaria a campo com nosso 442 que estamos habituados, mas sabendo que a variante do jh em campo pode acontecer a qualquer momento, sacando jucilei ou danilo

esse 442 se deve a duas razões: primeiro são noventa minutos.... precisamos sufocar o flamengo, mas temos um jogo inteiro pra fazer o placar, passo a passo, sem maluquice e sem deixar de prestar atenção no ataque deles (especialmente pq acho q pet entra, e, da mesma forma como semana passada, nao podemos fazer faltas pras bolas chuveiradas, ja que no maraca eles chutavam pra area do meio campo, e temos que acompanhar laterais e love)... colocar a bola no chao, fazer o jogo fluir, encurralar...

segundo: esse é o time que vem jogando, que sabe quem marca quem, e que sabe alternar a passagem de laterais e volantes... ou seja, ainda que venha faltando pegada no jogo, os caras ja mostraram que conhecem o esquema tático, e isso já é um importante primeiro passo... e quando vem a pegada, como em todos os clássicos, ja vimos o que é possível fazer...

é dia de superação... a arquibancada já mostrou que vai na pegada... alias, essa ideia de uma torcida unica sempre foi o ideal... tem dias que é irritante ver gavioes, 12 e pavilhao, cada um puxando um grito diferente ao mesmo tempo... ora, se somos todos corinthians, o correto é que andemos todos juntos... e basta voltarmos 10 anos pra ver que quando fizemos isso, ganhamos o mundo...

é dia de superação... é dia de lembrarmos nossos guerreiros que aqueles mantos ainda carregam o espírito de nossos heróis e nossas lendas... nas luvas de felipe, a agilidade gilmar e a raça de ronaldo; alessandro e gana de zé maria; chicão-gamarra; wiliam ao estilo botina anos 70 de amaral; e rc incorporando wladimir, aquele que sabia que o timão é mais importante que a seleção; ralf no seu mezzo rincón, mezzo cristian; jucilei com as arrancadas e a pegada do velho vamp; elias atuando como belangero na marcação e a dupla ricardo/marcelo na chegada; danilo como nossos 10... contem pra ele quem foi luizinho, rivelino, sócrates e neto; dente, lembra do carlitos? vc viu de perto ele jogar, aquilo é corinthians!; gordo, tem coisas que só vc sabe fazer, mas ali por onde vc jogou foi onde tivemos nosso primeiro artilheiro, o neco, e por ali andou casão, viola...

mais uma vez só depende da gente... a ferida não foi feia a ponto de não nos permitir vencer a batalha de pé...

confiar e lutar

e vai Corinthians!