quinta-feira, 18 de março de 2010

jogo 03 - cerro 0 X 1 corinthians (faltam 11)

eu já sabia...


1 - eles jogaram mal, mas não por tremer, por ruindade mesmo;

e jogam mal mesmo, são muito ruins, dependem exclusivamente do jogo físico, chutão pra área (só um cabeceio certo, bem defendido) ou pancadas de onde der (só uma no gol, bem defendida também, após desvio da zaga).

2 - eles tomam sufoco quando tocam a bola, só conseguem jogar quando começa a correria e a condução de bola, que favorecem marcadores motinudos;

quando apareceu o jogo do danilo, e até do tcheco, no segundo tempo, pronto... só não foram goleados porque essa não era nossa proposta de jogo e porque pecamos de mais na finalização da jogada

3 - eles batem, e muito, o jogo inteiro, xingam, provocam, apitam o jogo etc;
chamaram guerra, aproveitaram-se da arbitragem caseira (abaixo comentada)e acabaram derrotados... quer mais o que? desde a final que o olimpia fez (e lá se vão quase 10 anos), essa tem sido a estratégia paraguaia... sem resultado algum...

4 - é facil dizer que o time tem tradição em libertadores... quantos times mais tem no paraguai? então o fato de jogarem direto a competição não faz deles bons, favoritos, imbatíveis nem nada;

e que o diga jorge brítez

5 - quando o jogo aperta, eles usam sempre bolas longas pra corrida dos pontas e chuveiro na área... foi assim quando perdiam os 2 jogos anteriores;

na verdade é esse o jogo deles, só esse... sem qualidade técnica pra colocar a bola no chão e articular o ataque buscando espaços e forçando a defesa a errar... aliás, em seus três jogos, sempre tomou sufoco quando os adversários jogaram na inteligência, com a bola no chão...

6 - por mais que usem da catimba, vários peladeiros de lá não tem cabeça pra tomar sufoco e pra placar adverso, e aí a coisa muda do jogo pesado pra pancadaria...

novamente, que o diga jorge benítez...



ao final, foi um bom teste de clima de libertadores, mas que nem de perto reflete as batalhas que teremos na fase de mata-mata... o cerro deu pouca pancada, não teve tanta pressão de torcida, apesar da casa cheia, e em hora nenhuma o jogo saiu do controle...

quando começou o jogo, até que pareceu que haveria pressão, mas durou uns tres minutos, quando eles viram que o contra-ataque seria inevitável e pararam de acelerar o jogo; e foi quando começamos a tocar bem a bola e assumir o controle do ritmo de jogo...

assim, antes dos 10 o elias ja tinha perdido um gol cara a cara, e dos lances mais perigosos que sofremos, um foi na estrategia deles, de alçar todas as bolas na área, e outro foi num chute de longe desviado, que era a segunda (e ultima) opção, visto que pelo chão não havia qualidade para transpor nossa defesa...

na escalação, de surpresa mesmo só o moacir titular... e cada jogo dele diminui um pouco a precaução, parece que ele desligou o botão "dar emoção ao jogo" e começou a mostrar serviço... de resto, um meio campo que, apesar de contar com 3 volantes de origem, permite um bom passe e a chegada de jogadores para o arremate, bem como facilita a ultrapassagem dos laterais..

podia ter feito mais gols, mas seguiu firme na proposta dos três pontos. é uma opção correta, funcionou ano passado na copa do brasil: fazer gol em todos os jogos e não tomar em casa (essa parte falta ainda; aquela bobeada do jogo contra o racing tem que servir de lição); é campeonato de tiro curto, poucos jogos, contra times e "times", então se seguir a proposta tá bom, não precisa dar show pra ninguém...

mas também não precisa ser tão ferrenho na missão... depois daquele escanteio bizarro contra o independiente, ontem freiamos 2 contra-ataques, quando o cerro nem pressionava mais, um em 4 contra 2, outro 3 contra 2, pra recuar e segurar a bola... tem que segurar a bola, mas se dá pra matar o jogo vai lá e mete gol!

aliás, ontem diminui o número absurdo de chutões, o que permitiu ao time, parreiristicamente, segurar o jogo permanecendo com a bola nos pés, sem deixar o adversário gostar do jogo...

como vem sendo dito, de um mês pra cá, começou a aparecer nosso padrão tático, tal como foi ano passado... tomara que seja essa a trilha de 2010...

e ao cerro, o mesmo erro que o pirralho imbecil do santos cometeu: cutuca quem tá calado... rc, um dos "ex jogadores", foi o melhor em campo, e o outro, o gordo, fez o gol da partida, mesmo não jogando a mesma bola de domingo...


hoje nossa chave segue com independiente x racing, que, aliás, voltam a se enfrentar uma semana antes de recebermos o cerro no pacaembu (alias, parabens à federação que marcou jogo para quinta feira, 7 da noite, em véspera de feriado... vai ser fácil andar na cidade nesse dia...)... sinceramente, não conclui ainda o que é melhor: que o racing faça 4 pontos e dispare, deixando nosso grupo com 2 times mortos (independiente aqui, já eliminado, na última rodada, valendo liderança da chave e bom posicionamento entre os classificados) ou que embole o grupo com 3 pontos pra cada...

de qqer forma, isso não importa enquanto os objetivos traçados forem seguidos passo a passo, como tem acontecido...

e vai corinthians!

Nenhum comentário:

Postar um comentário