sexta-feira, 12 de março de 2010

as fórmulas...

stock, truck, superliga...

tem muita gente criticando, mas entendo que são bons contratos pro Corinthians.

Começou com a super-liga, em que o corinthians sede o direito da marca e do nome para a organização do evento, em troca de pagamento e direito de participação em detalhes gerenciais, como escolha de pilotos, design do veículo etc.

A mesma contratação foi feita na stock e na truck; ressalvado o fato que, antes de ser procurado, o corinthians passou a vender o direito de sua marca a equipes que eventualmente se interessassem.

então, a grosso modo, o corinthians tem maior espaço de exposição na mídia e maior envolvimento em eventos esportivos gerais, sem gastos extras com departamentos internos, salários, etc.

Só por isso é um bom negócio.

O bônus vem depois: se as equipes que usam a marca ganharem uma corrida, amanhã sai no jornal que "Corinthians vence de ponta a ponta stock em interlagos"; se não vence, "Caminhão do Corinthians é sensação em Tarumã".

Pronto... se houvessem custos mirabolantes ou obrigação cega de ganhar campeonato, seriam outros quinhentos, mas, da forma que vem sendo feito, pode fazer parceria até pro skate do Mineirinho!

Nenhum comentário:

Postar um comentário